Cuidados durante o tratamento ortodôntico

Cuidados durante o tratamento ortodôntico

Tratamentos ortodônticos podem ser necessários por diversos motivos, sejam eles estéticos ou funcionais. Em ambos os casos, além do bom trabalho do ortodontista, deve-se ter a colaboração do paciente para que os resultados desejados sejam atingidos. 

 

Existem diversos procedimentos odontológicos que trazem maior qualidade de vida e bem-estar ao paciente. Independente do tratamento em questão, é fundamental uma boa higienização bucal e visitas periódicas ao dentista. Isso porque, sem os cuidados essenciais por parte do paciente, o tratamento não surtirá o efeito da forma correta. 

 

Confira algumas dicas para auxiliar no seu tratamento odontológico e garantir que você está fazendo tudo certo: 

 

Aparelhos ortodônticos

 

O principal fator que leva as pessoas a buscarem colocar o aparelho odontológico é a estética do sorriso. Nesses casos, a procura pelo tratamento parte diretamente do paciente. 

 

O dentista também pode perceber a necessidade de usar o aparelho pela existência de uma má-oclusão que pode acarretar em um prejuízo funcional como uma mordida aberta ou cruzada, por exemplo. 

 

Para aqueles que buscam por um tratamento ortodôntico com aparelhos, o ideal é conversar com o dentista para examinar todas as possibilidades de procedimento que mais se aplicam para o seu caso. Uma outra dica é procurar na internet, avaliar as alternativas e fazer uma pesquisa de preços. 

 

Se você busca por examinar os preços dos tratamentos e escolher o que mais se adeque ao seu bolso, por exemplo, opte por utilizar palavras-chave no campo de busca como “aparelho dentário preço”, para conseguir os melhores resultados de acordo com a pesquisa em questão. 

  

Existem alguns cuidados antes mesmo de se iniciar um tratamento ortodôntico. Estes, se aplicam tanto para aqueles que optam pelo aparelho convencional, quanto o aparelho porcelana, também conhecido como aparelho fixo transparente

 

É essencial que o paciente esteja com a saúde bucal em dia, sem inflamação na gengiva, livre de placas bacterianas na superfície dos dentes e sem a presença de cáries. 

 

A colaboração do paciente é fundamental para o sucesso desse tipo de tratamento ortodôntico mesmo que ele seja conduzido pelo próprio ortodontista. Consultas frequentes, por exemplo, contribuem para a agilidade no tratamento, uma vez que os ajustes do aparelho devem ser mensais e contínuos. 

 

Os cuidados com a alimentação também são de suma importância. Deve-se evitar consumir alimentos crocantes e duros como balas e rapaduras, pois a quebra do aparelho pode aumentar o tempo de tratamento. Frutas e legumes mais consistentes devem ser cortados antes da ingestão para evitar o deslocamento ou fratura de acessórios do aparelho. 

 

É fundamental que a higiene bucal do paciente esteja sempre em dia. A escova ortodôntica e interdentais devem ser utilizados diariamente para se evitar o acúmulo de placa e consequentemente, o surgimento de cáries e inflamações nas gengivas. 

 

A utilização do fio-dental também é essencial. Esta, ajuda na manutenção da higiene das superfícies entre os dentes.

 

Clareamento dentário

 

O clareamento dental é um procedimento muito procurado dentro de consultórios odontológicos, principalmente no final do tratamento ortodôntico quando os dentes estão com alguns desgastes no esmalte causados pelo tratamento.

 

A técnica utiliza agentes clareadores para recuperar a cor original dos dentes. É possível fazer esse tratamento com clareador dental carvão, um método que geralmente traz muitos resultados satisfatórios.

 

A durabilidade dos clareamentos dentários varia muito de pessoa para pessoa. Para se obter um resultado positivo e com uma longevidade maior, é imprescindível que o paciente tome determinados cuidados, principalmente com a alimentação, durante e depois do tratamento. 

 

Os pacientes fumantes e aqueles que consomem alguns alimentos e bebidas não recomendados pelo profissional, tendem a não obter o resultado desejado. Além disso, a durabilidade do clareamento cai para 1 ano. Já aqueles que não consomem esses itens com a mesma frequência, a duração tende a variar entre 2 a 3 anos. 

 

Quem faz o procedimento pode escovar os dentes normalmente, mas deve-se ter algumas cautelas. Por exemplo, a pasta não pode conter corantes, pois assim, os dentes estão mais sujeitos a manchas durante o tratamento. O uso de enxaguante bucal colorido também deve ser evitado. É interessante ver com o dentista qual o melhor produto para usar durante e após o procedimento. 

 

Independente do tipo de tratamento que você deseja fazer, tenha sempre em mente que consultas periódicas ao consultório, junto com os cuidados do paciente, são fatores fundamentais para se conquistar dentes alinhados e saudáveis! 

 

Este conteúdo foi produzido por Victoria Mechenas, redatora na empresa Clínica Ideal

Deixe um comentário