Saúde bucal e alimentação: Qual a relação entre as duas coisas?

A alimentação influencia diretamente na saúde do ser humano… Assim como os carros precisam de combustível para funcionar, o organismo necessita de diversos nutrientes para poder se manter disposto.

 

A má alimentação pode ocasionar a diversos problemas de saúde, tais como obesidade, câncer, anemia e diversos outros distúrbios hormonais. Mas, além disso, se alimentar de forma inadequada têm relação direta com a saúde bucal das pessoas. 

 

Neste artigo, iremos explicar qual a relação entre as duas coisas e como manter uma dieta balanceada para evitar ocasionais problemas de saúde. 

Doenças periodontais causadas pela falta de nutrientes

 

Doenças periodontais são infecções que agem na gengiva e no tecido de sustentação dos dentes. Em casos mais severos, pode-se ocorrer a perda total ou parcial dos dentes. 

 

Esse tipo de infecção é causada pela falta de higiene mas, também, pela falta de nutrientes no corpo. Estes, responsáveis por manter as gengivas e dentição saudáveis. 

 

O que pode prejudicar a saúde bucal?

 

Apesar de existir uma enorme preocupação sobre o consumo de industrializados, doces e refrigerantes, não são somente esses alimentos que podem ser prejudiciais a saúde bucal. 

 

É claro que diminuir o consumo de açúcar e produtos que possuem uma grande quantidade de corantes é essencial para evitar cáries e problemas dentais. Entretanto, existem outros alimentos os quais é importante manter o alerta. São eles: 

 

  • Café: Sabemos que  o café faz parte da rotina de quase todo mundo, entretanto, a cafeína pode ser um agravante quando se trata de problemas bucais. Isso porque o café remove o esmalte dos dentes, deixando-os porosos. Além disso, a bebida deixa os dentes amarelados a longo prazo devido o consumo em excesso. 

Para que situações como esta sejam evitadas, é de suma importância escovar os dentes 30 minutos após tomar uma chícara de café e também, evitar o consumo desenfreado ao longo do dia. 

  • Refrigerantes: O refrigerante pode ser considerado um dos principais vilões contra a saúde bucal. Isso se deve ao fato do produto possuir quantidades exacerbadas de açúcar, que podem causar a desmineralização do esmalte dentário e agravar o surgimento de cáries. 

 

Assim como o café, escovar os dentes regularmente após ingerir a bebida é fundamental. 

 

  • Álcool: A saliva é uma barreira protetora para os dentes e, o uso excessivo de álcool  a desidratação bucal. Dessa forma, a falta de saliva pode provocar infecções e outros problemas bucais como periodontite e erosão dentária. 

 

  • Açúcar: Além de auxiliar no processo de desmineralização do esmalte dentário, o consumo em excesso de açúcar é um dos principais causadores de cáries;

 

Alimentos que auxiliam a saúde bucal

Existem diversos alimentos que auxiliam no bom funcionamento da nossa boca. De modo geral, alguns deles são:

  • Frutas: A laranja, maçã e pêra são considerados alimentos detergentes, pois eles possuem a capacidade de eliminar os resíduos de alimentos que ficaram na nossa superfície dental, realizando um tipo de “limpeza”. 


  • Alimentos que possuem fibra: legumes, frutas e verduras são grandes aliados não só do nosso organismo mas também dos nossos dentes. Durante seu consumo, as impurezas são arrastadas por conta do atrito do alimento com o dente.

 

  • Água: A água ajuda eliminar detritos, açúcares e resíduos que ficaram presos nos dentes. Ela também auxilia na estimulação da saliva, fator que diminui as chances de cárie, placa bacteriana e mau hálito. 

 

  • Gorduras saudáveis: Óleos como azeite de castanha, extra virgem e abacate são óleos que auxiliam na nossa saúde bucal além de não serem tão prejudiciais ao nosso organismo. 

 

Como construir uma dieta balanceada

  • Insira todos os grupos alimentares na dieta: Tente comer um pouco de tudo, 

construa uma dieta moderada e rica em proteínas, vitaminas e minerais;

  • Utilize ferramentas para auxiliar na alimentação: Para quem tem uma rotina corrida e acaba esquecendo de beber água ou se alimentar de 3 em 3 horas, utilizar softwares e aplicativos de lembretes diários para se hidratar e se alimentar da forma adequada.

 

Outros cuidados

 

Deve-se ter em mente que além dos cuidados com a alimentação para manter a saúde bucal em dia, a higienização completa dos dentes e visitas periódicas ao dentista são imprescindíveis. 

 

Ter essa preocupação é importante porque visitando regularmente o dentista é possível manter avaliações constantes e assim, caso algum problema na dentição seja encontrado, tratar o mais rápido possível, evitando complicações futuras.

 

Para não pesar muito no bolso e conseguir manter as idas ao ortodontista regulares, é interessante avaliar opções de convênios odontológicos. Analise os procedimentos e tratamentos cobertos pelo plano odontológico pessoa física para assim, encontrar o que mais se encaixa à você e suas necessidades. 

 

Uma boa dica também é pedir indicações a seu dentista. Não esqueça de perguntar se o mesmo atende através do plano odontológico.

 

Considerações finais

 

Neste conteúdo vimos como a saúde bucal da boca está diretamente ligada a outros fatores orgânicos do nosso corpo e como a alimentação tem influência direta nesse processo. 

 

Ter uma alimentação regulada com nutrientes e minerais necessários para o bom funcionamento do organismo é fundamental. 

 

Também, não deixe de cuidar da higienização dos dentes de forma correta e visitar o dentista periodicamente, seja com o auxílio de um convênio odontológico, ou não.

 

Seguindo essas dicas você cuida do seu corpo e sorriso de forma saudável e aumenta sua qualidade de vida e bem-estar! 

 

Conteúdo produzido por Dayane Goes, redatora na empresa Ideal Odonto.